Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|HOGAR-32~|

Casa

Informações úteis

Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|MASCOTAS-32~|

Animais Domésticos

Menu principal
Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|VIDA-Y-DECESOS-32~|

Vida

Menu principal

Profissionais Liberais

Home > Sobre MAPFRE Portugal > Fundação MAPFRE > Viajar em Segurança > Transporte do recém nascido > É recomendado que os bebés durmam na cadeira auto?
dormir na cadeira auto

É recomendado que os bebés durmam na cadeira auto?

Na alcofa ou no chamado ‘ovo’, devemos deixar o nosso bebé dormir com o sistema de retenção enquanto viajamos? É aconselhável utilizar a cadeira auto ou a alcofa quando se trata de um recém-nascido para evitar a asfixia postural? Siga os  nossos conselhos.

Primeiro, devemos ser claros sobre as funções de cada um:

  • O ‘ovo’ é especialmente concebido como um sistema de retenção infantil. Atualmente, vêm-se muitas mães a utilizar este sistema diariamente nas suas caminhadas. No entanto, deve ter em conta que a sua utilização é recomendada apenas por um par de horas e destina-se especialmente a garantir a segurança do bebé quando viaja de carro. É, por isso, a melhor escolha para viajar de carro com segurança.
  • A alcofa é muito mais adequada para passeios em carrinho de bebé, especialmente durante os primeiros meses de vida. Aqui o bebé está deitado numa posição muito mais natural e melhor para as costas. No entanto, é menos seguro para transportar no carro porque tem menos apoio e tem um posicionamento lateral. Para andar no carro é  aconselhável uma cadeira auto do Grupo 0 ou 0+.

QUAL É A CAUSA DA ASFIXIA POSTURAL?

A asfixia postural ou asfixia posicional pode ocorrer tanto dentro como fora do carro. O bebé ainda não tem força suficiente para se sentar, portanto, é aconselhável que durma e permaneça deitado.

Se colocar o bebé numa cadeira auto de forma errada, o seu corpo tende a dobrar-se. Além disso, deve ter em conta o peso da cabeça, que é muito mais pesada que o corpo. Isto leva à dificuldade em respirar.

Um estudo publicado na revista Pediatrics mostra precisamente como a saturação de oxigénio diminui em bebés que estiveram sentados em cadeirinhas aprovadas durante 60 minutos.,. Outro estudo mostra a diferença entre o sono do bebé no sistema de retenção infantil e no berço. A saturação de oxigénio foi muito melhor no caso do berço.

Isto não significa que eles não possam dormir na cadeirinha, mas deve estar atento ao tempo que vai passar no carro, mantendo-se sempre vigilante.

Conselhos para evitar asfixia postural e melhorar o suporte nas viagens de carro:
  • É recomendado que as cadeiras auto sejam utilizadas apenas para o transporte em trajetos mais curtos, e que não ultrapasse a duração de 1h30 / 2h, de acordo com o indicado pelos fabricantes.
  • Se tiver de escolher entre alcofa ou cadeira auto, a melhor opção para viajar de forma segura é o SRI do Grupo 0 ou 0+ (R44 / 04) ou o SRI ‘i-Size’ (R129) específico para bebés. 
  • Em viagens mais longas, é aconselhável parar frequentemente para que o bebé se possa deitar e mudar de posição. Retirar o bebé da cadeirinha, dar-lhe de comer, deitá-lo, etc.
  • É muito importante que o bebé esteja devidamente protegido na cadeira auto e regular bem os cintos. O arnês deve ajustar-se comodamente no corpo do recém-nascido e os ombros devem estar ajustados na cadeira, desta forma evita a tendência de ir para frente. Além disso, a cabeça deve estar alinhada com o corpo, não podendo cair para frente, por isso deve
  • O bebé deve ir sempre direito na cadeirinha, nunca deve estar torto.
  • Não é aconselhável alimentar o bebé enquanto estiver na cadeira auto, pois a sua posição não é ideal, especialmente se o carro estiver em movimento.
  • Deve utilizar o redutor para um ajuste melhor.
  • Não se esqueça de verificar se a cadeirinha está bem fixada, com o sistema ISOFIX ou os pontos de fixação do cinto de segurança. Siga as instruções do fabricante para o fazer corretamente, utilize o manual e códigos de cores para seguir as instruções.