Menu principal

Simule o seu seguro

Animais Domésticos

Menu principal
Home > Sobre MAPFRE Portugal > Fundação MAPFRE > Viajar em Segurança > Hábitos a corrigir > Vantagens de um sistema de deteção de sinais. O futuro da Segurança Rodoviária
sistema de deteção de sinais

Vantagens de um sistema de deteção de sinais. O futuro da Segurança Rodoviária

Hoje em dia é difícil encontrar modelos novos que não incluam algum sistema de ajuda ao condutor. Os fabricantes estão a investir no desenvolvimento de equipamento de segurança, com o objetivo de reduzir o número de acidentes por distração do condutor e reduzir a gravidade dos mesmos.

Os já habituais sistemas de assistência ao condutor são precursores do que será a condução totalmente automatizada, que culminará no ano 2025.

condução automatizada está a chegar ao mercado de forma gradual, para que os condutores se habituem a esta forma de viajar de carro e ganhem confiança. A base está nos sistemas de assistência à condução que facilitam cada vez mais a condução semi-automática, tais como os que ajudam a mudar ou permanecer numa faixa, a travar em caso de obstáculo ou peão, ou o cruise control adaptativo, que ajuda o condutor a manter uma determinada velocidade ao conduzir em auto-estrada.

É neste contexto que entra o sistema de deteção de sinais de trânsito, que graças à utilização de câmaras de vídeo no interior dos veículos, capta sinais como os de proibição, velocidade, ultrapassagem, etc. e mostram-nos no painel do veículo.

Este sistema apareceu pela primeira vez num modelo BMW, em 2008. No início apenas detetava limites de velocidade, mas evoluíram muito em termos de precisão, qualidade, reconhecimento noturno ou número de sinais detetados; alguns até indicam estes sinais no pára-brisas ao nível dos olhos do condutor através do sistema head-up display.

O objetivo desta tecnologia é ajudar a melhorar a segurança rodoviária do condutor, especialmente quando estiver cansado ou não tiver sido capaz de prestar atenção aos sinais. Que condutor em algum momento não soube a que limite de velocidade deveria conduzir? Isto acontece porque a sinalização pode variar segundo os troços da mesma estrada, o que pode gerar confusão e distrações.

A correta sinalização das infraestruturas é vital para a segurança, pois para além de regular o trânsito, também informa o condutor sobre o estado das estradas. Por este motivo, um sistema capaz de detetar e reconhecer automaticamente sinais em tempo real a partir de imagens captadas de um veículo em movimento é um grande passo para a segurança rodoviária.

Neste momento, o desafio é combinar este sistema de deteção de sinais com outros sistemas de assistência à condução, com o objetivo de oferecer mais segurança e conforto ao condutor, e com um objetivo final: conseguir a condução totalmente automatizada e zero acidentes nas estradas.