Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|HOGAR-32~|

Casa

Informações úteis

Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|MASCOTAS-32~|

Animais Domésticos

Menu principal
Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|VIDA-Y-DECESOS-32~|

Vida

Menu principal

Profissionais Liberais

Home > Sobre MAPFRE Portugal > Fundação MAPFRE > Viajar em Segurança > Gravidez e condução > Dispositivos para adaptar o cinto de segurança nas grávidas. São seguros?
cinto de segurança nas grávidas

Dispositivos para adaptar o cinto de segurança nas grávidas. São seguros?

As grávidas podem conduzir durante praticamente toda a duração da sua gravidez, a não ser que o seu médico ou parteira desaconselhe. Existem alguns meses da gravidez em que  a condução representa um maior risco para a mulher e para o feto mas, em geral, não há nada que impeça a grávida de fazer a sua vida normal, incluindo conduzir. Para além dos conselhos médicos, é a grávida que deverá estar ciente do seu estado e de qualquer limitação que possa ter. Se estiver indisposta, cansada ou desconfortável, é ela que irá decidir se deve ou não conduzir.

É obrigatório o uso do cinto de segurança em todos os bancos do veículo, e as grávidas que conduzem devem, antes de mais, colocar corretamente o cinto de segurança.  A correta colocação do cinto de segurança é fundamental no caso das grávidas: coloca-se a faixa por cima da virilha e por baixo do abdómen. A faixa superior deve passar entre os seios, e em nenhuma circunstância esta rotina deve variar, pois diminuirá a proteção deste sistema de retenção (Veja o nosso infográfico).

Os dispositivos para adaptar o cinto às grávidas não são mais que sistemas de fixação para manter o cinto de segurança do veículo na posição correta. Isto assegura que o cinto de segurança não desliza durante a condução e que não fica sobre o abdómen da grávida, o que colocaria em grande risco tanto a mãe como o bebé em caso de colisão.

Portanto, estes dispositivos para o cinto de segurança não são por si só sistemas de segurança passiva do veículo. Os mesmos devem cumprir com uma série de requisitos mínimos de segurança. É aconselhável procurar dispositivos adequados, homologados e preferir marcas com boas classificações, sem se deixar influenciar por preços baixos. Para qualquer dispositivo associado à segurança do condutor e passageiros, o preço é irrelevante comparado com o contributo que oferecem em relação à proteção.