Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|HOGAR-32~|

Casa

Informações úteis

Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|MASCOTAS-32~|

Animais Domésticos

Menu principal
Menu principal

Simule o seu seguro

371691~|mapfre~|VIDA-Y-DECESOS-32~|

Vida

Menu principal

Profissionais Liberais

Home > Sobre MAPFRE Portugal > Fundação MAPFRE > Aprender a conduzir também é saber sentar-se ao volante!
aprender a conduzir - sentar-se ao volante

Aprender a conduzir também é saber sentar-se ao volante!

Está a aprender a conduzir ou já conduz há anos mas ainda não o ensinaram como se deve sentar ao volante? Como colocar o encosto? E o encosto de cabeça? Qual a distância entre o condutor e o volante? Sentar-se de forma adequada é fundamental para uma boa condução e para garantir a nossa segurança e a dos nossos passageiros. Não deixe de ler estas recomendações para conseguir uma boa postura ao volante!

Acima de tudo, uma boa posição no banco faz com que o condutor esteja mais confortável e atento ao volante. E, ainda, alcançar melhor o volante e o painel de instrumentos evita dor nas costas, reduz as sequelas no caso de acidente, etc.

Basta dedicar alguns minutos para sentar-se corretamente
Posição do banco e distância

Sente-se e pise a fundo o pedal da embraiagem. Devemos manter a perna esticada, mas com o joelho ligeiramente dobrado. Além disso, devemos adotar uma postura não forçada e sem esforço ao pisar o acelerador, embraiagem ou travão. No caso dos carros automáticos, a distância perfeita do banco é a posição do volante. Podemos verificar isto ao pisar o travão ou o acelerador.

Altura do banco

Deve-se começar desde a posição mais baixa e ir elevando o assento até que a visibilidade seja perfeita. para que nada deve interferir na visão, nem mesmo o volante.

Encosto:

Não deve estar demasiado inclinado nem muito perto do volante. Ou seja, as costas devem permanecer o mais direitas possível, mas mantendo o conforto.

Encosto de cabeça:

Deve estar por trás da parte mais alta da nossa cabeça, a tocar levemente o cabelo, à mesma altura, para evitar assim o famoso esticão, isto é, a parte superior do encosto de cabeça deve coincidir com a parte superior da nossa cabeça. O encosto de cabeça protege principalmente no caso de receber um golpe por trás, porque nesse momento a cabeça vai bruscamente para trás. Mas também no caso de uma travagem brusca ou de impacto frontal, porque a cabeça e corpo vão primeiro para frente, e imediatamente para trás.

Quando possível, regule a sua inclinação, que deve estar o mais perto possível da nuca: quanto menos distância a cabeça percorre, menor é o esticão e menores são as lesões.

Volante

A altura do volante ideal é a que une o centro do volante com o nosso pescoço através de uma linha reta imaginária. É, ainda, aconselhável colocar as duas mãos sobre o volante com os braços semidobrados na posição quinze para as três de um relógio imaginário. Além disso, os cotovelos devem formar um ângulo de 90 graus. Quando colocamos as mãos nas 12 em ponto sobre o volante, os braços não devem ficar completamente esticados. É claro que que o importante é manter as mãos sobre o volante. A posição correta das mãos é quinze para as três do relógio. Desta forma, podemos manobrar sem problemas.

Espelhos retrovisores

Deve poder ver a última parte lateral do nosso veículo e a pista lateral com um ligeiro movimento de cabeça. O ideal é ter o máximo campo de visão possível em todos os espelhos, com o mínimo movimento possível do pescoço.

Neste infográfico explicamos como se deve sentar:

E se está grávida?

Em geral, as grávidas podem conduzir e andar de carro utilizando normalmente o cinto de segurança, exceto quando não indicado pelo médico. Por isso, é recomendável deixar de conduzir quando seja impossível conseguir uma postura confortável ou quando s barriga fique demasiado perto do volante.  No entanto, não existir qualquer problema, poderá sentir que está aprender a conduzir outra vez, pois existem variados fatores a ter em conta.

Fatores a ter em conta:
  • É recomendável mais de 20 cm de separação entre o volante e o ventre. 
  • Utilizar sempre o cinto de segurança e de forma correta: a faixa inferior do cinto deve passar por baixo do ventre e sobre os ossos da pélvis. A faixa superior deve passar por cima da zona média do esterno e da clavícula, sem ficar muito perto do pescoço. É importante que a faixa superior nunca fique sobre a barriga ou sobre um dos seios, nem por baixo do braço ou axila. Quando o médico recomendar não utilizar o cinto de segurança, a melhor opção é evitar andar de carro.
  • Não utilizar almofadas no banco, nem pinças para o cinto. Eliminar na medida da possível qualquer folga no cinto e evitar tudo que possa afetar o seu funcionamento.
  • Adaptar a colocação do banco e a altura do volante às novas necessidades. Aumentar a distância entre o banco e o volante ou painel na medida do possível (não é necessário desativar o airbag) e adaptar os retrovisores ao mover o banco. Ajustar o volante em altura e posição. Deve ficar na direção do peito, nunca da cabeça ou abdómen. O banco deve ficar na posição vertical.
  • Em viagens longas, aumentar as paragens de descanso e aproveitar para andar e ativar a circulação.
  • Para conduzir novamente após dar à luz, é recomendável esperar 3 semanas depois de um parto sem complicações e 6 semanas depois duma de cesariana. A nossa recomendação é consultar sempre o seu médico.

Por último, neste artigo falamos sobre o que não fazer ao volante quando estiver grávida e neste outro artigo falamos sobre os dispositivos no mercado para adaptar o cinto de segurança durante a gravidez e se são recomendáveis.