Pular para o conteúdo

Cuidado com o cão…

Cuidado com o cão…

A tabuleta “Cuidado com o cão” é só uma das inúmeras e simples medidas de protecção que pode adoptar, para viver em segurança na sua casa.

Com o bom tempo a convidar as saídas ao ar livre, saiba como proteger o seu lar durante a sua ausência. Há várias precauções que pode tomar ao nível das características da construção, elementos dissuasores, no relacionamento com os outros e em caso de ausência prolongada

Características da Construção

É fundamental que a sua casa ofereça grande resistência à entrada de intrusos, tenha, por isso, atenção aos seguintes detalhes:

  • Portas e janelas: deverão ser estruturas sólidas, com as dobradiças bem cravadas e invisíveis para o exterior e os caixilhos bem fixados na parede.
  • Fechaduras: instale as de várias entradas nas portas e as janelas de fácil acesso;
  • Rampas e escadas de acesso: caso habite numa moradia, as rampas e escadas de acesso deverão estar limitadas por uma cancela.
  • Aparelhos de ar condicionado: fixe-os solidamente, pois quando retirados possibilitam a entrada na casa.

Elementos Dissuasores

Outra forma de oferecer resistência é evidenciar a protecção da sua casa de forma a desencorajar o assaltante:

  • Tabuleta “Cuidado com o cão!” e a indicação da existência de um sistema de alarme, em locais bem visíveis.

Durante a sua Ausência

Prepare a sua ausência de casa, com pequenos detalhes que fazem toda a diferença:

  • “Vou de férias!”: não anuncie a estranhos que vai de férias. Com o fenómeno das redes sociais, seja cauteloso a este respeito em particular se a sua habitação for facilmente identificável através de fotografias ou outras informações que tenha divulgado.
  • No entanto, avise os seus vizinhos, com quem tem maior confiança, que irá estar fora, pois desta forma facilmente se aperceberão de qualquer situação anómala. 
  • Aparência de actividade em casa: luzes acesas, persianas e cortinados abertos durante o dia, roupa estendida, não deixar correio acumulado na caixa;
  • Objectos de valor: guarde-os em lugar seguro e catalogue-os, anotando os seus números de série, sempre que possível. Não guarde a listagem em casa ou junto dos objectos identificados.
  • Serviço de Vigilância da PSP: nos meses de Julho, Agosto e Setembro, se o assim solicitar, a Polícia de Segurança Pública, assegurará no quadro das suas missões habituais de patrulha, passagens frequentes ao seu domicílio durante a sua ausência.

Visitas Não Solicitadas

Inúmeras vezes somos abordados, no nosso lar, por desconhecidos cujas reais intenções não conhecemos. Acautele-se de eventuais perigos com duas simples regras:

  • Antes de abrir a porta, pergunte quem é e qual o motivo da visita. Se tiver dúvidas, telefone à entidade em questão para esclarecer;
  • Solicite sempre a identificação do visitante e, se possível, anote os dados. Os uniformes, só por si, não dão garantia de legitimidade.

   

Fonte: "Casa", in Portal da Segurança [em linha], 2010, http://www.portalseguranca.gov.pt/index.php?option=com_content&view=section&layout=categoryblog&id=11&Itemid=34 [consultado em 31.05.2010]

Volta ao Topo