Pular para o conteúdo

9 dicas para um Natal poupadinho

9 dicas para um Natal poupadinho

O Natal aproxima-se a passos largos. Nesta época do ano os excessos não se aplicam apenas ao que comemos, mas também ao que gastamos para surpreender familiares e amigos. 

Por isso, deixamos-lhe 9 dicas para esticar o seu orçamento natalício e a sua generosidade.

1. A magia do Natal começa com um lápis e um caderno

Aproveite um momento tranquilo do seu dia, para fazer duas simples tarefas que farão toda a diferença:

a)Estabeleça um orçamento: qual o valor máximo que deseja gastar neste Natal. Não se esqueça que, para além das prendas, poderá ter outros custos, tais como: a Ceia ou as deslocações para visitar familiares.

b)Siga o exemplo do Pai Natal e faça uma lista! Selecione as pessoas a quem deseja oferecer uma lembrança. Recorde-se que, por vezes, um gesto, uma palavra amável são mais valiosas que qualquer caixa de bombons ou par de meias, pelo que ninguém o levará a mal.

2. Não perca tempo em filas: a Internet é a sua melhor amiga

Em vez de caminhar quilómetros em centros comerciais à procura do presente perfeito, pesquise online onde estão as prendas que deseja e que estabelecimentos oferecem o melhor preço. À distância de um clique, a qualquer hora, poupa tempo e dinheiro.

3. O Natal é sempre que quisermos…

Quanto mais cedo for comprar as suas prendas, mais facilmente comprará o que realmente quer e ao preço que viu no catálogo. Por isso, não espere pelo Advento para iniciar as suas compras natalícias.

Por outro lado, o Natal é tempo de paz e harmonia. Não deixe que o trânsito, as filas para embrulhar prendas ou o último item da prateleira interfiram com o espírito da época. Vá com calma. Respire fundo e lembre-se que é quase Natal e a ceia está ali ao virar da página do calendário.

4. Pague em dinheiro, sorria em janeiro

Um cartão de crédito mal usado no Natal pode ser o começo de um Ano Novo amargo. Está provado cientificamente que os pagamentos em notas e moedas nos fazem ter uma noção mais clara do que estamos a gastar efetivamente. Se preferir não andar com muito dinheiro, pague com mulltibanco, mas verifique o saldo regularmente.

5. Cuidado com as promoções

Nem tudo o que luz é ouro. Por vezes, algumas pechinchas podem ser mais caras do que aparentam. Compare preços em várias lojas, ou online, e assegure-se que não existem taxas escondidas atrás de um preço apetitoso. Não são raros os casos em que um produto é mais caro em dezembro, que em novembro ou janeiro.

6. Dê “boleia” a um amigo e poupam ambos nos portes

Alguns sites oferecem portes grátis a partir de um determinado valor em compras. Se as suas compras não atingem esse valor, junte-se a um amigo e comprem em conjunto. Ficam ambos a ganhar. Por vezes é quase mais caro receber uma encomenda em casa do que o valor do produto em si. Analise com cuidado quanto custa o envio das encomendas e veja como pode receber os produtos sem portes de envio.

7. Seja solidário

Porque não reservar parte do orçamento de Natal para oferecer prendas a uma instituição que ajuda os mais necessitados? Ofereça vales solidários aos seus familiares e amigos para que sejam eles a doar à instituição que achem necessitar mais do contributo. Assim, todos poderão sentir a satisfação de estar a ajudar quem todos os dias ajuda quem mais precisa.

8. Ofereça talento – o seu!

Já pensou em todas as suas habilidades? Um presente feito por si, será sem dúvida algo único e pessoal. Quem receber a sua prenda vai sentir toda a sua dedicação e todas as imperfeições serão compensadas pela perfeição de receber uma prenda feita com todo o amor e carinho.

9. Ajude a oferecer a quem todos os dias oferece

Uma prenda que não o fez assim tão feliz pode fazer outros felizes. Lembra-se daquela batedeira que continua dentro da caixa e que nunca usou? E aquele brinquedo com que os seus filhos nunca brincaram por terem outros de que gostam mais? Ou ainda o livro do autor que o seu amigo julgava que gostava tanto? Dê essas prendas a uma instituição que as possa oferecer a quem não tem presentes no Natal. Poupe no orçamento e invista na solidariedade.

Esperamos que estas dicas lhe sejam úteis e ajudem a ter um Natal mais feliz, solidário e desafogado. Aproveite esta época do ano para ajudar quem mais precisa e estar junto de quem mais ama. Desfrute ao máximo da magia do Natal.
 

Fonte: "9 Genius Ways to Save Money Christmas Shopping ", in Good Housekeeping [em linha], 2014, http://www.goodhousekeeping.com/family/budget/save-money-christmas-shopping [consultado em 28.11.2014]

Volta ao Topo