Pular para o conteúdo

Bê-á-Bá da saúde animal

Bê-á-Bá da saúde animal

Celebra-se hoje o Dia Mundial do Animal e nenhuma outra forma de celebrar seria tão feliz como a cuidar deles.

Quem tem animais de estimação sabe que eles estão em todos os dias, em quase todos os momentos. Partilham alegrias e tristezas, esperam-nos a toda a hora com tudo para dar e pedem tão pouco em troca. Ter animais de estimação é uma garantia de alegria e bem-estar para toda a família, mas é importante não esquecer os cuidados básicos de saúde necessários para cuidar dos amigos de quatro patas da melhor forma. Porque eles merecem!

Como cuidar deles? Siga estes passos:


Vacinação e desparasitação
- Manter a vacinação em dia é fundamental para prevenir uma grande diversidade de doenças que podem afetar cães e gatos.
- Algumas destas doenças podem levar o animal à morte, outras podem ser transmitidas aos humanos (as zoonoses).
- Também a desparasitação (interna e externa) é importante para manter o animal longe de vermes, pulgas e carraças.
- Na primeira ida ao veterinário é estabelecido um plano de vacinação e de desparasitação que deve ser cumprido à risca. Cada animal tem o seu próprio plano, de acordo com a espécie e características individuais.


Alimentação
- Para o bom desenvolvimento do animal é importante escolher uma ração de boa qualidade tendo em atenção a idade, o porte e até, nalguns casos, a raça.
- Em regra, os adultos são alimentados duas vezes por dia. Já as crias podem comer 3 a 4 vezes ao dia, pois estão numa fase de crescimento.
- Os restos de comida e as guloseimas devem ser evitados.
- Prestar atenção a um eventual aumento de peso, pois a obesidade afecta também os animais de estimação.
- Deixar água fresca e limpa sempre disponível.


Higiene
- Manter a higiene dos animais é muito importante para a saúde de todos – deles e dos próprios donos.
- Recomenda-se um banho quinzenal para os cães de pelo curto no Verão e mensal no Inverno. Os animais de pelo comprido poderão precisar de tomar banho mais frequentemente.
- Para os gatos é possível adoptar o mesmo esquema de banho quinzenal ou mensal, conforme as estações do ano. Mas aqueles que estão sempre em casa poderão não precisar de tantas lavagens como aqueles que vão à rua.
- Deve usar-se champô próprio para uso veterinário, de preferência neutro.
- A escovação deve ser frequente para remover células mortas e pó. Este cuidado ganha especial importância no caso dos gatos, já que tendem a lamber-se e a formar bolas de pelo no estômago, o que lhes causa grande mal-estar.
- A tosquia de alguns animais pode ser necessária, sobretudo nos meses de maior calor. Os veterinários e groomers são os profissionais mais indicados para avaliar a necessidade.
- Também os dentes dos cães e gatos devem ser lavados com escovas apropriadas para evitar cáries e formação de tártaro.


Visitas ao veterinário
- É necessário levar o animal ao veterinário pelo menos uma vez por ano, mesmo que pareça estar tudo bem.
- Caso o animal apresente alguma mudança de comportamento, apatia, perda de peso, diarreia, vómitos ou outros sintomas anormais, é necessário levá-lo de imediato ao médico veterinário.
- Não medicar os animais por autoiniciativa. É sempre necessário validação de um profissional de saúde para evitar intoxicações ou sobredosagens.


Todos os cuidados são poucos para proteger e tratar aqueles que tanto cuidam de nós. Seguindo passos muito simples é possível dar qualidade de vida aos nossos animais, aumentando ainda mais a alegria de toda a família. Tendo o seu bem-estar em conta, a MAPFRE Seguros disponibiliza o seguro NET ANIMAIS DOMÉSTICOS que se destaca sobretudo por permitir uma poupança até 50% no valor das consultas, bem como descontos de pelo menos 30% em vacinas e serviços de desparasitação e esterilização numa vasta rede de prestadores. Para além disso, este seguro vai permitir também reduções em vários serviços destinados a facilitar o dia-a-dia dos donos, nomeadamente estadias em hotel, pet sitting, dog walking, tosquias, grooming, alimentação ou transportes.

Volta ao Topo