Pular para o conteúdo

A Carta Verde passa a ser branca

O Certificado Internacional de Seguro Automóvel mais conhecido por “carta verde” passou a ser branco em julho de 2020, e apenas se mantinham a verde os dísticos destacáveis. A partir de agora, tal como refere uma Portaria n.º 234/2020 publicada em Diário da República, ambos passam a ser brancos.

No dia 1 de julho deste ano o Serviço Nacional de Seguros Português já havia autorizado a emissão da carta verde em papel branco, sendo que se considerou agora, através da Portaria referida, a sua impressão total de cor branca.

Relembramos que os dísticos destacáveis em questão são de afixação obrigatória no para-brisas, num local bem visível.

Volta ao Topo